sexta-feira, 13 de maio de 2011

Reciclagem : Geração de Empregos

Passado o processo eleitoral, surgiram discussões sobre o rumo do país e as propostas para resolverem os problemas vividos hoje. Agora, estão em busca de meios práticos e objetivos para solucionarem esses problemas. Uma das soluções que deveria ser melhor analisada pelo governo seria a indústria da reciclagem, até porque a matéria-prima mais abundante no mercado é o lixo.
Já há um reaproveitamento de materiais como o papel, o plástico, o vidro e o metal, porém esse processo poderia ser mais bem implementado e melhor divulgado, para que também possam ser reaproveitadas as sobras da construção civil ou da borracha usada em pneus, materiais que já possuem um método eficiente de reciclagem, mas são subutilizados.
Até mesmo o lixo orgânico, poderia ser mais reaproveitado, seja na elaboração de gás combustível, ou no desenvolvimento de adubo orgânico, que abasteceria a agricultura.
Pesquisas nessas áreas mostram que existem métodos simples de reciclagem, que são mais baratos do que a retirada de matéria prima da natureza. Isso reduziria o preço de determinados produtos no mercado. Analisando também outro benefício, se utilizarmos da reciclagem, quantas áreas seriam destinadas, por exemplo, à agricultura ao invés de aterros sanitários? 
Com relação aos empregos, em primeiro lugar deve haver uma elaboração de leis, para que haja segurança e uma boa remuneração. O governo também devia incentivar o desenvolvimento de indústrias de reciclagem, pois geram muitos empregos, diferente dos chamados “catadores de papelão” que não possuem nenhuma garantia, por não terem uma carteira de trabalho assinada. Esses empregos teriam de ser aliados a equipamentos adequados para o manejo de determinados produtos. 
Obviamente, nem todos os materiais podem ser reaproveitados. Dejetos químicos, radioativos e nucleares, têm que ser devidamente separados e conservados, ou o resultado pode ser catastrófico. 
Essa ação não depende só do governo. Cada um tem que ter sua parcela de contribuição, separando o lixo residencial, e entregando às pessoas que o recolhem. As escolas poderiam incentivar o recolhimento através dos alunos. Dizem que as crianças de hoje, são o futuro, então se ensinarmos para elas o quanto é importante esse trabalho, teremos um planeta mais sustentável. 

2 comentários:

  1. Muito boa a iniciativa...

    Retomem as atividades moçada!!!

    ResponderExcluir
  2. Eu gostaria de me manter atualizado dos preços dos materiais em geral para poder está comprando e vendendo pós trabalho já na coleta de lixo orgânico e resultados mas tenho muito interesse em trabalhar para mim muito obrigado...

    ResponderExcluir